Psicomotricidade na Educação Infantil

Brincadeiras, circuitos, jogos e aulas especializadas auxiliam no trabalho da psicomotricidade em crianças da Educação Infantil

As crianças, quando estão brincando, criam um mundo próprio paralelo, fundamentado na fantasia e na imaginação. O movimento corporal é a forma como elas se comunicam e interagem, adquirindo novas experiências e descobertas a todo instante. É importante brincar, correr, saltar e movimentar o corpo para desenvolver a coordenação motora ampla e fina.

O Maximus Educação Infantil – Unidade Carmésia organiza um planejamento diário de brincadeiras, músicas, circuitos e jogos em que as crianças são estimuladas ao desenvolvimento de suas capacidades motoras, coordenativas e percepções corporais. Por meio dessas atividades, as crianças criam, interpretam e se relacionam socialmente com o mundo em que vivem.

As aulas especializadas de Educação Física, música e capoeira agregam e enriquecem o trabalho de psicomotricidade, estimulando o equilíbrio, o desenvolvimento motor e intelectual da criança, pois possibilitam dinâmicas de movimentos e brincadeiras que contribuem com a formação integral da criança, de forma prazerosa, recorrendo ao lúdico.

“A psicomotricidade é fundamental na Educação Infantil e tem um papel de destaque no desenvolvimento global da criança. Toda expressão corporal é carregada de intenção; a criança precisa pensar, criar, enfrentar desafios, elaborar estratégias, favorecendo o desenvolvimento psíquico, a coordenação motora, o fortalecimento da autoestima, a socialização, a afetividade, além da preparação para aprendizagens futuras, como, por exemplo, a escrita”, afirma Coordenadora Pedagógica Luciana Bonifácio.