Marcadores de Tempo

Em contexto interdisciplinar, Matemática e História percorrem o raciocínio lógico dos marcadores de tempo no processo histórico

A marcação do tempo é uma linguagem matemática muito importante para o historiador, pois, por meio desses marcadores, são localizados os fatos no processo histórico. Muitos acontecimentos não podem ser marcados com exatidão e, dessa forma, consideram-se marcadores situacionais aproximados, tais como de século em século, década em década e assim por diante.

Para usar esse tempo não exato, o historiador usa o Calendário Cristão, que tem como referência o Nascimento de Cristo, estabelecido como ano 1. Assim é preciso que a Matemática ensine às pessoas a calcularem os séculos por meio de fórmulas estabelecidas.

O Colégio Maximus – Unidade Palmares propôs aos alunos do 6º ano do Ensino Fundamental uma interessante atividade interdisciplinar que agregou conhecimento e aprendizagem de forma significativa em ambas as disciplinas.

A professora de História, Virgínia Andrade, e o professor de Matemática, Pedro Henrique Navarro, realizaram juntos uma aula expositiva para ensinar como se faziam os cálculos e também como foi o processo de pensamento do Calendário Cristão.

O objetivo central desse encontro foi demonstrar, de forma prática, que os saberes científicos estão interligados e contribuem mutuamente para a construção do conhecimento.