Expedição Peter Lund

Aplicação da teoria nos conhecimentos práticos

O Colégio Maximus – Unidade Palmares visitou o Museu Peter Lund, localizado em Lagoa Santa.  O Museu é um atrativo científico e turístico que funciona sob o conceito de “Museu de Território”, inspirado na trajetória do paleontólogo dinamarquês Peter Wilhelm Lund (1801-1880), que viveu nessa região mineira por mais de quatro décadas.

Os alunos da 1ª série do Ensino Médio, acompanhados pelo professor de História, Bruno César Gusmão, e pela Supervisora Pedagógica, Tamyres de Oliveira Moreira, participaram da visita em que fizeram vários questionamentos sobre a formação da paisagem natural local, sua fauna e flora, ocupação, dominação e modificação do espaço pelo homem, bem como os saberes e costumes adquiridos. Outro aspecto analisado foi a visão do pesquisador Lund e seu contexto, além das possíveis relações estabelecidas pelas pesquisas realizadas por ele e o desenvolvimento científico de sua época.

De caráter lúdico e interpretativo, a trilha foi um verdadeiro “mergulho” na história do homem e de seu domínio sobre a natureza pelo uso da ciência. Essa trilha começa na Casa Fernão Dias, passando pelo marco histórico “Cruz do Pai Mané”. Em seguida, seguiu-se um percurso que conduziu a um mirante, no qual foi possível a visualização de toda a extensão da Lagoa do Sumidouro e região do entorno. Posteriormente, os alunos visitaram o paredão com grafismos rupestres, local de extrema importância arqueológica e histórica e retornaram pela orla da Lagoa do Sumidouro.

A visita técnica teve o objetivo de aplicar a teoria das várias áreas do conhecimento por meio da construção de hipóteses e estudos de conhecimentos práticos. Alguns temas estudados pelos alunos ganharam maior sentido e profundidade, uma vez que estes produziram conhecimento, e não apenas o receberam de forma passiva.