Empreender também se aprende na escola!

Conhecimento direcionado e acesso a informações ampliam os horizontes no universo empreendedor

Empreender é considerada uma competência, sendo assim, possível de ser desenvolvida em todas as pessoas. Alguns pré-requisitos são importantes, tais como o autoconhecimento, persistência e conhecimento de mercado na área de atuação. O Colégio Maximus – Unidade Santa Luzia, atento às novas demandas de conhecimento, investe na formação de alunos que pensam sua vida produtiva e programam ações para o futuro profissional.

Pensando nessas demandas, bem como nas novas concepções sociais e antecipando as exigências da BNCC para o Ensino Médio, o Colégio Maximus ofereceu oportunidades que ultrapassaram o conteúdo didático e proporcionaram atividades diferenciadas que tiveram como objetivo expandir os conhecimentos dos alunos do Ensino Médio sobre empreendedorismo. Momentos de insights são proporcionados para que os alunos tenham oportunidades de criação e formatação de empresas, pois não basta ter acesso a informações, é preciso agir.

A primeira atividade realizada nesse contexto foi uma viagem cultural à cidade de São Paulo, na qual foi oferecida aos adolescentes a oportunidade de conhecerem a metrópole paulista. Durante a viagem, os alunos puderam perceber os aspectos sociais, econômicos e ambientais de uma grande metrópole, propondo uma nova forma de adquirir conhecimento.

Dando continuidade a esse período de aprofundamento nos conhecimentos sobre o universo empreendedor, os alunos participaram de um ciclo de palestras regido pelos palestrantes: Daniel Rodrigues, fundador e presidente das Organizações Daniel Festas e do Hotel Fazenda Pouso Real; Shirley Stark, aceleradora de pessoas e negócios, mentora e especialista em desenvolvimento humano nas áreas de Recursos Humanos, treinamentos e desenvolvimento, estratégia de negócios e parcerias; e Tio Flávio, autor do livro “Entender o Marketing da Gestão Escolar: agregando valor à marca das escolas”, do e-book “Gestão de escolas em momento de crise”, coautor de diversos livros e fundador do Tio Flávio Cultural, um dos maiores movimentos voluntários independentes de Minas Gerais, que existe desde 2010,  com o propósito de transformar a vida das pessoas por meio do conhecimento.

A disseminação da cultura empreendedora na sociedade está despertando o espírito empreendedor nos jovens por meio do estímulo ao protagonismo juvenil. “O aprendizado ocorre a todo o momento, em todos os lugares, por isso nossa equipe acredita que o acréscimo de informações, com outros olhares, aprimorará as competências de nossos alunos e os tornarão capazes de fazerem escolhas coerentes, em prol de um mundo melhor”, afirma Flávio Gabrich – Coordenador Pedagógico.