Aprender com a natureza

Alunos vão à Serra do Rola Moça para verem de perto como ajudar o planeta


Conhecer para preservar, identificar aspectos naturais do planeta e as consequências da ação humana na natureza foram alguns dos motivos da visita dos alunos do 5º ano do Maximus Unidade Santa Inês ao Parque Estadual da Serra do Rola Moça, na região metropolitana de Belo Horizonte.

A excursão começou com uma palestra a respeito da história do Parque, sua vegetação e relevo. Em seguida, chegou o momento de conhecer de perto os aspectos do lugar. Cerrado e Mata Atlântica compõem o cenário de biodiversidade rica e abundante com colorido especial. Os alunos também souberam que a região do Parque é, muitas vezes, alvo de ações degradantes do homem – queimadas e extração indevida de recursos naturais – e que por isso é necessário conscientizar a população quanto aos cuidados com o meio em que se vive.

Segundo a professora de Ciências, Jussara Miranda Quintão de Oliveira, foi enriquecedor para os alunos conhecerem o que já haviam estudado em sala de aula. “Investigar em campo a ação do homem sobre as áreas verdes proporciona aos estudantes a consciência de como a natureza precisa ser preservada, e que ações simples podem ajudar nessa missão”, disse Jussara.

Para coroar o passeio, todos ficaram encantados com a lenda que envolve o nome da Serra. Logo após a cerimônia de seu casamento, um casal atravessava a serra de volta para casa quando o cavalo da noiva escorregou no cascalho e caiu no fundo da grota. Daí surgia o nome da serra que em 1994 tornou-se uma unidade de conservação.